Acordo_camara_faro_igreja_s_patacaoO terreno, votado por unanimidade pela autarquia, para atribuição à paróquia, insere-se no futuro loteamento municipal dos Braciais, onde está prevista a construção de 315 moradias para uma população de 1200 pessoas, e tem uma área de 2.980m2, ocupando a futura igreja um total de 1.133m2.

À presente fase de conclusão do projecto de arquitectura, irá seguir-se, no próximo ano de 2009, o projecto de especialidades, devendo a obra arrancar apenas no início de 2010.

A norte da igreja, em terreno que a Câmara de Faro também pretende doar, será instalado um edifício de carácter social com espaços de apoio à comunidade e ao trabalho pastoral. As 2 salas de catequese da igreja serão complementadas com mais 3 neste edifício.

Acordo_camara_faro_igreja_s_patacao2Na cerimónia de assinatura, o pároco de São Pedro de Faro, lembrou os dois projectos que antecederam o actual, o primeiro impulsionado pelo seu antecessor, o falecido padre Carlos Patrício, que “andou empatado durante quase 7 anos” e o segundo, já da responsabilidade do actual prior, logo que tomou posse da paroquia, há 13 anos. “Estou convencido que entrámos numa nova etapa. Creio que finalmente se vai concretizar o grande sonho do padre António Patrício e da população de Braciais, Patacão, Mar e Guerra e arredores”, afirmou o padre Manuel Rodrigues, considerando que, em pleno Ano Paulino, “a construção da igreja dedicada ao apóstolo Paulo será um marco para as gerações presentes e futuras”.

O sacerdote explicou que “a Igreja [do Patacão] está a crescer de ano para ano, já existe comunidade e só precisa de espaços para se reunir de forma adequada, uma vez ocupa espaços que não estão vocacionados para que a comunidade se organize como tal”. José Apolinário, presidente da Câmara de Faro, sublinhou “o trabalho meritório e de grande reconhecimento social” que tem sido feito pela paróquia de São Pedro, explicando ter sido esta uma das razões que levou a autarquia valorizar este projecto com o objectivo de “impulsionar esse trabalho”. “Estamos disponíveis, quer a financiar os projectos, quer para vir a colaborar depois com a paróquia na concretização desta obra”, prometeu o autarca.

Composição da igreja

Igreja_s_paulo2A futura igreja terá uma volumetria baixa (11m), tendo em conta a envolvente do loteamento onde irá inserir-se. Projectada num edifício monolítico de linhas bastante depuradas, terá nave de cruz latina, acessível através de um vestíbulo, envolvida por bancadas com capacidade para 310 pessoas sentadas e aproximadamente 400 no total.

Igreja_s_paulo4A nave da igreja será ainda centrada no seu altar-mor, localizado na perpendicular de uma ampla torre lanterna que domina e centraliza aquele espaço. Por cima do pórtico principal, no exterior, terá a inscrição “Sanctus Paulus Apóstolos Mart.”.

Igreja_s_paulo5No interior, terá um tanque de imersão e pia baptismal, onde poderá ser celebrado o Baptismo, tanto pelo processo tradicional como por imersão. O retábulo principal será composto por um painel com 10 metros de altura, onde será gravada em pedra uma imagem de São Paulo.

Igreja_s_paulo9O rés-do-chão, com um total de 1133m2, para além dos já referidos vestíbulo e nave, será composto pela capela do Santíssimo Sacramento, coro, uma sala da Reconciliação a que os fiéis poderão ter acesso sem entrar directamente na igreja, a sacristia e respectivo vestíbulo, arquivo, sala de reuniões, sanitários dos fiéis (homens, mulheres e deficientes), capela mortuária com respectivo vestíbulo, sala para a família dos defuntos e instalações sanitárias privativas.

Igreja_s_paulo3Os altares laterais da nave principal da futura igreja que será construída em betão branco irão conter extractos das cartas de São Paulo.

Igreja_s_paulo1O primeiro andar, com um total de 254m2, será composto por uma galeria, gabinete, duas salas de catequese, arquivo, instalações sanitárias, arrecadações e acesso à cobertura e campanário que terá um carrilhão de 3 sinos, podendo ser ampliado para 7.

Igreja_s_paulo12A cave, com um total de 218m2, será composta pela arrecadação geral e pela arrecadação para o material de limpeza.